Home Página Inicial > Notícias > PROGRAMA ESTAÇÃO EDUCAR FORMA 39 NOVOS ASSISTENTES ADMINISTRATIVOS

PROGRAMA ESTAÇÃO EDUCAR FORMA 39 NOVOS ASSISTENTES ADMINISTRATIVOS

04.12.2020

Realizado pela Trensurb em parceria com o Senai-RS, programa de aprendizagem profissional é destinado a jovens de famílias de baixa renda.

Entre segunda (30) e quinta-feira (3), a Trensurb recebeu os aprendizes das turmas deste ano do Programa Estação Educar para sua formatura. Em função dos protocolos de distanciamento impostos pela pandemia, cada um dos jovens foi recebido individualmente ou acompanhado de um familiar para um ato, em gabinete, que marcou a conclusão do curso de assistente administrativo, desenvolvido em parceria com o Senai-RS. Na ocasião, eles assinaram também seus termos de rescisão. Receberam os aprendizes o diretor-presidente da Trensurb, Pedro Bisch Neto, o diretor de Operações, Luis Eduardo Fidell, e o diretor de Administração e Finanças, Geraldo Luís Felippe, além de empregados e gestores da empresa metroviária e do Senai.
 
Anualmente, o Estação Educar proporciona aprendizagem profissional a 40 jovens de famílias de baixa renda por meio do curso de assistente administrativo, com duração de 800 horas-aula. A Trensurb oferece, ainda, aos aprendizes: remuneração de acordo com o salário mínimo-hora nacional, vale-transporte, vale-refeição e assistência odontológica. Em 2020, dos 40 jovens selecionados, 39 concluíram o curso – 35 estiveram nos atos em gabinete, um deles apenas formalizou a rescisão e outros três devem fazer o mesmo nos próximos dias.
 
Para a formanda Cassiane Lorentz, 19 anos, ainda que a pandemia tenha impossibilitado um contato maior com os colegas, instrutores do Senai e profissionais da Trensurb, o curso foi bastante proveitoso: “Foi um prazer ter participado porque a Trensurb é uma empresa que tem uma estrutura muito boa”. Agora, ela planeja estudar administração de empresas na faculdade e, conforme suas palavras, “futuramente, quem sabe, estagiar dentro da Trensurb”. Segundo Cassiane, o interesse pela área administrativa já existia antes de sua participação no Estação Educar, mas o programa ajudou a consolidar seus planos.
 
“Gostei muito do curso”, declara o formando Rian Guilherme Mundis, 19. Ele, que atua também em uma oficina mecânica, afirma: “Estar tendo essa vivência me ajudou muito dentro da oficina e a organizar, principalmente, a minha vida pessoal”. Rian elogia também sua instrutora no curso, Silvana Rech, e destaca a estabilidade e o conforto proporcionados pela participação no Estação Educar: “Quando somos jovens e estamos entrando nessa questão delicada de buscar um serviço, poder ter um curso e ser remunerado é a coisa mais confortável do mundo”.
 
A instrutora Silvana Rech afirma que 2020 “foi um ano de muitos desafios, em que tivemos que reinventar o modo de dar aula nessa metodologia à distância. Tentamos prezar sempre pela qualidade, buscando a melhor forma de ensinar os alunos dentro dessas plataformas digitais e buscando também a questão da integração da turma”. Apesar das dificuldades impostas pela pandemia, Silvana afirma que “a turma surpreendeu positivamente na participação”. Segundo ela, a grande maioria dos aprendizes conseguiu participar de todas as aulas. A instrutora diz que “foram muitos desafios, mas também foi muita superação por parte dos alunos”, que, conforme ela, também buscaram “se reinventar na forma de aprender”.
 
Ao falar sobre o Programa Estação Educar, o diretor-presidente da Trensurb, Pedro Bisch Neto, afirma que “o projeto é fundamental no sentido de ter, na empresa, uma porta aberta para todos esses jovens que anseiam ter contato com novas realidades, estruturas empresariais e funcionais, conviver nesses ambientes e aprender um pouco do que se faz aqui”. Ele conclui: “Tenho certeza que além das eventuais habilidades que eles podem aprender durante esse período, as experiências humanas, o convívio, tudo isso ajuda a moldar a personalidade de cada um e isso pode ser fundamental para o futuro de cada um”.
 
Após receber uma formanda e sua avó, o diretor de Administração e Finanças da Trensurb, Geraldo Luís Felippe, disse que pôde perceber a alegria de ambas com a formatura: “Isso é muito gratificante para nós como diretores, especialmente para mim, que participei desse programa desde o início, lá em 1994, quando começou como Oficina-Escola. Me deixa mais feliz ainda por ser algo que ajudamos a criar no passado e continua depois de todo esse tempo, tentando cada vez se aperfeiçoar mais. É muito bonito mesmo”.
 
Diretor de Operações da Trensurb, Luis Eduardo Fidell destaca que o caminho dos jovens até o momento da formatura foi marcado pela superação de muitas dificuldades, mas que “é apenas um primeiro passo para o que ainda está por vir”. Ele parabeniza os aprendizes e diz acreditar que “o talento, a força de vontade e a persistência” deles irá “levá-los muito longe”.
 
Foto: Angelo Pieretti/Trensurb

Compartilhe     

OUTRAS NOTÍCIAS
12345de 543paginas_noticias_detalhes.php?codigo_sitemap=5725&sitemapPage=2

Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre S.A. | Av. Ernesto Neugebauer 1985, - Humaitá - Porto Alegre - RS - Brasil - CEP 90250-140 | Fone: +55 51 3363 8000